sexta-feira, 29 de novembro de 2019

A espera acabou! corra para o Mercadinho São Vicente - Rede Oeste e aproveite a Super Black Oeste.

A espera acabou! Confira as nossas superofertas do Super Black Oeste, aproveite com a gente e economize muito mais.

Visite o Mercadinho São Vicente - Rede Oeste e garanta a maior economia já vista!

Corra que as ofertas são válidas somente nesta sexta-feira 29/11/2019. Sujeito à disponibilidade de estoque.

Bandidos roubam malote com dinheiro do caixa da Central do Cidadão de Pau dos Ferros, RN

Assalto aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (28). Os criminosos fugiram em uma motocicleta preta e não foram mais vistos.

Da redação
Fonte: G1 RN
Dois homens armados roubaram o dinheiro do caixa da Central do Cidadão da cidade de Pau dos Ferros, no Oeste potiguar, no início da tarde desta quinta-feira (28). Os criminosos fugiram em uma motocicleta preta e não foram mais vistos.

De acordo com a Polícia Militar, dois funcionários da Central saíam com um malote com o dinheiro, com quantia não divulgada, quando foram abordados pelos assaltantes. Os funcionários iam depositar o montante apurado em uma agência do Banco do Brasil.

Os bandidos chegaram na moto e anunciaram o assalto, levando o malote em seguida. Ainda segundo a PM, o roubo aconteceu a cerca de 30 metros do prédio da Central do Cidadão. Ninguém foi preso.
  

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Água Nova: Em 10 meses o prefeito Ronaldo Souza já doou R$ 34.8 do seu salário.

A doação é feita mensalmente às instituições do município de Água Nova.

Da redação
Fonte: Política na Pauta
Foto: Divulgação

Ontem, quarta-feira (27), o prefeito Ronaldo Souza e a primeira dama Vansilda Souza, se reuniram com os representantes das instituições do município de Água Nova, e sempre usando a transparência, apresentaram os comprovantes de depósitos de 30% do salário de prefeito e fizeram o balanço dos 10 meses de doações as referidas entidades, e ficaram bastante satisfeitos com o relato e prestação de contas de cada representante, por saberem que os recursos estão sendo investidos da melhor forma possível, beneficiando a sociedade água-novense.

Durante os 10 primeiros meses o prefeito Ronaldo Souza doou do seu salário R$ 34.880,00 as instituições do município de Água Nova, cumprindo assim, o compromisso assumido durante a campanha política.

Município de Encanto/RN adere à mobilização nacional em defesa do SUAS

Da redação com PME
Por Secom
As cidades brasileiras ressaltaram a importância da garantia à proteção básica das famílias, ao promoverem ontem, 26, uma frente em defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e da seguridade social. Logo, o dia “D” do movimento teve participação de Encanto.

Nos prédios dos departamentos socioassistenciais, uma faixa preta simbolizou o repúdio com o qual o governo municipal tem encarado a redução orçamentária para a execução de serviços, programas e projetos, consequência de decisões tomadas em âmbito federal, prejudicando as gestões.

Um dos principais protestos em todo o país, segundo a secretária Fátima Nazário, organizadora do ato, é milhares de lares atenderem aos critérios do programa “Bolsa Família” e, mesmo assim, não receberem o benefício por falta de dinheiro.

Ex-namorado de mulher baleada no rosto tem mandado de prisão expedido e foge

Da redação
Fonte: Tribuna do Norte
A Polícia Civil está em busca do ex-namorado da vendedora Renata Ranyelle Maciel de Almeida, de 23 anos, que foi baleada no rosto no sábado (23), em uma loja de roupas em São Miguel, no Alto Oeste potiguar. A suspeita é que ele tenha sido o autor do disparo no rosto da vítima, que segue internada em estado grave no hospital Tarcísio Maia, em Mossoró. O suspeito está foragido.

saiba mais

e acordo com o delegado Cristiano Gouvea, desde o início da investigação estava sendo cogitada a hipótese de que se tratava de uma tentativa de feminicídio, e não de latrocínio. Apesar de simular que iria fazer um assalto, o homem disparou no rosto da vítima sem que ela esboçasse uma reação e fugiu sem levar nenhum pertence.

No depoimento do ex-namorado da vítima, ele informou que estava no trabalho no momento do crime. Contudo, a Polícia Civil confrontou a informação e confirmou que ele havia mentido, pois, no horário em que ocorreu a tentativa de feminicídio, ele não estava no local de trabalho, conforme relataram outras testemunhas ouvidas na investigação.

Segundo Cristiano Gouvea, foi confirmada o namoro entre o suspeito e Renata Ranyelle havia terminado uma semana antes da data do crime e o homem estava inconformado com o fim da relação. Apesar de não ter feito uma ameaça de morte contra a mulher, testemunhas relataram que ele mantinha uma postura ríspida contra ela, mesmo durante a relação.

Com o mandado de prisão expedido, a Polícia Civil foi até a casa do suspeito por volta das 5h, mas ele já havia fugido. Moradores da região informaram que ele sequer dormiu em sua residência na última noite. Buscas estão sendo realizadas e, até o momento, ele não foi preso.

Número de mortes no trânsito cai 15% em 2019 no Rio Grande do Norte, diz Detran

Período de janeiro a outubro deste ano teve menos vítimas fatais em relação ao ano anterior. Óbitos causados por queda de veículos aumentou 800%.

Da redação com G1 RN
Por Douglas Lemos, G1 RN
O trânsito do Rio Grande do Norte apresentou queda de 15% no número de mortes nos meses de janeiro a outubro de 2019 comparado com o mesmo período de 2018. Foram 414 vítimas fatais neste ano contra 487 no ano passado. Os dados são do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN) e do Setor de Estatística do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran-RN).

A maior queda em vítimas fatais por tipo de acidente foi em casos de colisão com animais (75%). Em 2019 foram três mortes, contra 12 em 2018. Houve diminuição de 70,8% nos óbitos em acidentes envolvendo motociclistas. De janeiro a outubro deste ano foram 52, contra 178 do mesmo período no ano passado.

No entanto, houve crescimento de 800% em mortes causadas por queda de veículo. Foram 18 vítimas fatais neste ano, contra apenas duas no ano anterior. Também foi registrado um incremento de 82,7% no número de mortes em acidentes não declarados. Em 2019, o Detran notificou 285 casos contra 156 no ano passado.

De acordo com Flávio Câmara, subcoordenador de Educação no Trânsito do Detran-RN, o órgão trabalha com blitzen educativas e palestras para conscientizar condutores. Para prevenir acidentes com mortes envolvendo motociclistas profissionais, o órgão desenvolveu um trabalho de formação com curso de motofretista na Escola Pública de Trânsito (Eptran).

Câmara ressalta que o alerta para o uso do capacete e a informação sobre os perigos de combinar álcool e direção são temas muito abordados. "Percebe-se uma mudança positiva no comportamento dos condutores. Um exemplo é a cidade de Nova Cruz onde boa parte da população passou a utilizar o componente, evitando mortes e lesões no trânsito", exemplificou.

O subcoordenador ainda ressaltou que o Detran desenvolve campanhas educativas para conscientizar a população e aponta que ações pontuais como Maio Amarelo e campanhas de valorização da faixa de pedestre são as mais eficazes. "O cidadão deve ter a consciência que quando sofre um acidente não é só ele quem sofre. Existe um ciclo enorme após o trauma", ressalta.

Para Luciana Lima, especialista em trânsito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), os dados do estado são compatíveis com números nacionais. Foram 6.243 mortes no trânsito no Brasil em 2017 e 5.269 em 2018, redução de cerca de 16% mesmo com aumento da fota da veículos em 1,9% no país, segundo levantamento da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e Sindipeças.

A especialista acredita que um aumento do número de automóveis nas ruas não está ligado diretamente a um aumento de acidentes com mortes. "O comportamento dos motoristas, condições da via, dos veículos e ações de fiscalização devem ser levados em consideração", observa.

Luciana afirma que automóveis mais novos são responsáveis por ganho de segurança na hora de acidentes. "Uma frota mais nova pode significar também veículos mais modernos, que oferecem maior segurança, diminuindo as chances de acidentes fatais", ponderou.
Estatísticas no estado

Das três maiores cidades do Rio Grande do Norte, apenas Natal apresentou diminuição no número vítimas fatais no trânsito. Foram 59 vítimas fatais na capital potiguar de janeiro a outubro de 2019, contra 69 no mesmo período de 2018. Mossoró (32 mortes), no Oeste do estado, e Parnamirim (19 mortes), na Grande Natal, mantiveram os mesmos índices nos dois anos.

Luciana Lima acredita que a queda de acidentes com morte na capital potiguar e a manutenção do índice no interior podem ser creditados a fatores como uma fiscalização mais intensa em Natal. "Com isso condutores e pedestres tendem a apresentar comportamentos mais preventivos no trânsito, como maior uso de equipamentos de segurança que fazem a diferença entre a vida e a morte, como cinto de segurança e capacetes no caso dos motociclistas", ressaltou.

A especialista em trânsito também supõe que as condições das vias em termos de conservação, sinalização e existência de passarelas podem explicar a diferença na queda de mortes em Natal, Mossoró e Parnamirim.

Como medida proativa, Luciana aponta que ter vias de qualidade sobretudo no interior, políticas de prevenção e educação no trânsito são cruciais para diminuição dos óbitos no trânsito. "Pode ser uma boa estratégia para formar cidadãos mais conscientes da importância de se respeitar as leis de trânsito e também ampliação das ações de fiscalização para além dos domínios da capital", conclui.

Em relação à manutenção do número de mortes nos municípios, o Detran limitou-se a dizer que o órgão já atua com ações educativas nas duas cidades e que poderá trabalhar em parceria com os órgãos de trânsito dos municípios.

A Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade e Trânsito (Sesem) de Mossoró afirmou que faz investimento em ações educativas, manutenção viária com projetos de engenharia, sinalização e fiscalização.

Segundo Maribel Oliveira, pedagoga da Sesem, uma mudança significativa no trânsito das cidades só acontecerá quando os órgãos de trânsito trabalharem em conjunto. "Estamos tentando realizar no município ações integradas com os setores de educação, engenharia e fiscalização da Secretaria e parcerias com outros órgãos da cidade", disse.

Já a Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem) de Parnamirim disse que acompanha as estatísticas, desenvolve campanhas e ações de conscientização e tem focado no tema “segurança no trânsito".

A prefeitura da cidade atesta que realizou serviços de sinalização viária vertical e horizontal, renovação das faixas de pedestres, implantação de rotatórias e criou uma central de monitoramento com câmeras.

Tema de estudo

Uma dissertação do Programa de Pós-graduação em Demografia atestou que nem sempre a gravidade dos acidentes está relacionada ao comportamento dos condutores. O estudo mostra que mortes no trânsito também estão relacionadas às condições das vias e do ambiente do momento do acidente.

Valdeniz da Silva Cruz Junior fez um estudo que analisou as BR-101, 116 e 230. Foram utilizados dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que registram as condições de conservação das rodovias e do ambiente em locais de acidentes.

Uma das conclusões da pesquisa foi apontar estatisticamente que a via também pode colaborar para esses acidentes fatais. Segundo dados analisados em 2017, aproximadamente 48% dos trechos das rodovias federais avaliados pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) foram classificados nas condições ‘regular’, ‘ruim’ ou ‘péssimo’.

Saúde: Senado aprova criação do Médicos pelo Brasil

MP que institui programa perderia validade nesta quinta-feira

Da redação com Agência Brasil
Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil Brasília
O Senado aprovou, na tarde de hoje (27), a medida provisória (MP) que cria o programa Médicos pelo Brasil. A MP expiraria nesta quinta-feira (28) e perderia a validade de não fosse votada. A matéria vai agora à sanção presidencial.

Ontem (26), o texto foi aprovado na Câmara dos Deputados e chegou ao Senado para uma aprovação rápida, sob risco de expirar. No entanto, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), havia se comprometido a votar a MP, mesmo com pouco tempo para apreciação da matéria. “Ela [MP] é importante, tem que votar, vou falar com os senadores. Mesmo faltando um dia [para expirar] a gente vai botar para votar”, disse ele, na semana passada.

Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro em 1º de agosto, a MP amplia em pouco mais de 7,3 mil o número de médicos nas áreas mais carentes do país – 55% dos profissionais serão contratados para atender as regiões Norte e Nordeste.

O programa Médicos pelo Brasil, lançado em substituição ao Mais Médicos, criado em 2013, também define novos critérios para realocação dos profissionais considerando locais com maior dificuldade de acesso, transporte ou permanência dos servidores, além do quesito de alta vulnerabilidade. A nova proposta ainda prevê formação de especialistas em medicina da família e comunidade.

De acordo com as regras do programa, os profissionais deverão ser selecionados para duas funções: médicos de família e comunidade e tutor médico. Todos deverão ter registro no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Revalida

O Senado aprovou, em seguida, o projeto de lei (PL) que institui o Revalida, programa que faz a revalidação dos diplomas de médicos formados em universidades do exterior. Esses profissionais, inclusive os cubanos que deixaram o Mais Médicos e continuaram no Brasil, terão de passar pelo processo de revalidação do diploma para obter o registro e atuar no novo programa.

Segundo o texto, poderão participar do programa, que terá duas edições a cada ano, faculdades privadas com cursos de medicina cuja nota de avaliação no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) seja 4 ou 5. O programa será acompanhado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

O texto foi ampliado às 19h18
Edição: Nádia Franco

Análise: Condenação no TRF-4 reforça Lula inelegível

Desembargadores federais seguiram a linha da decisão do STF em julgamento, no sentido de que há pré-requisitos para anular sentenças

Da redação com Estadão
Por Gustavo Badaró*, O Estado de S.Paulo
Os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) não parecem ter desconsiderado a decisão do Supremo Tribunal Federal sobre sentenças em que delatores e delatados fazem suas alegações finais simultaneamente. Eles seguiram a linha do que o Supremo decidiu no sentido de que, para se reconhecer a nulidade, são necessários dois requisitos. 


Em primeiro lugar, seria necessário que o delatado tivesse protestado no momento em que as alegações finais foram apresentadas. Isso não aconteceu no caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Além disso, toda nulidade de sentença necessita da comprovação de um prejuízo ao réu, e caberia à defesa de Lula comprová-lo. Se o delator tivesse utilizado um argumento novo em suas alegações, e dessa forma surpreendido a defesa, haveria um prejuízo claro. Os três desembargadores consideraram que esse aspecto não foi demonstrado. 

Essa situação seria dramática caso o STF não tivesse alterado seu entendimento sobre cumprimento de pena a partir de condenação em segunda instância. Isso faria com que o prognóstico para uma progressão de regime se alongasse muito no tempo. 

Por outro lado, Lula agora é considerado inelegível por força de condenações em órgãos colegiados em dois processos separados. Para afastar a inelegibilidade, ele passa a ter de derrubar uma nova condenação pela segunda vez, e por um segundo motivo. 

*PROFESSOR DE DIREITO PROCESSUAL PENAL NA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP)

Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,3 anos

Dados de pesquisa foram antecipados no Diário Oficial da União

Da redação com Agência Brasil
Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro
A expectativa de vida ao nascer no Brasil subiu para 76,3 anos em 2018, segundo informações divulgadas hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2017, a expectativa de vida era de 76 anos, ou seja, aproximadamente três meses a menos do que em 2018.

A pesquisa Tábua de Mortalidade 2018 só será divulgada às 10h, mas as informações básicas da pesquisa já foram antecipadas no Diário Oficial da União de hoje.

Edição: Carolina Gonçalves

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Morre aos 57 anos em Jundiaí/SP, o humorista Rapadura.

Comediante estava internado após passar por uma cirurgia para a retirada de um cisto no intestino.

Da redação
Fonte: SBT na web
Foto: Reprodução

Charles Guttenberg, conhecido como Rapadura, morreu nesta terça-feira (26). O humorista ficou famoso pela sua participação em programas do SBT como A Praça é Nossa, Programa do Ratinho e Comando Maluco. Ele estava internado em Jundiaí, interior de São Paulo, em estado grave. 

O comediante de 57 anos havia realizado uma cirurgia para retirada de um cisto no intestino há uma semana, mas permaneceu internado por conta de complicações. 

A página oficial de Rapadura no Instagram já havia publicado ainda nesta terça uma mensagem informando da gravidade do estado do humorista. Parceiro de Rapadura, Bananinha divulgou com tristeza a morte do companheiro.


Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Bananinha (@bananinha) em

Governo reduz para R$ 1.031 estimativa de salário mínimo para 2020

Valor representa redução de R$ 8 em relação ao projeto de lei do Orçamento Geral da União do próximo ano.

Da redação
Fonte: Agência Brasil
O salário mínimo para o próximo ano ficará em R$ 1.031, anunciou no fim da tarde de hoje (26) o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. O valor representa redução de R$ 8 em relação ao projeto de lei do Orçamento Geral da União do próximo ano, que previa mínimo de R$ 1.039 para o próximo ano. 

O novo valor do mínimo consta de mensagem modificativa do Orçamento de 2020 enviada hoje (26) pelo governo ao Congresso Nacional. Segundo Rodrigues, a queda da projeção se justifica pela redução das estimativas da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para o próximo ano. 

A mensagem modificativa reduziu para 3,5% a estimativa para o INPC em 2020, meio ponto percentual a menos que a projeção de 4% que constava no projeto de lei do Orçamento. A previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como índice oficial de inflação, caiu de 3,9% para 3,5%. 

A estimativa de crescimento para a economia, em contrapartida, aumentou de 2,17% para 2,32%. A estimativa para a cotação média do dólar no próximo ano aumentou de R$ 3,80 para R$ 4. 

Ao anunciar a revisão das estimativas, Rodrigues destacou que a nova política para o salário mínimo só será decidida nas próximas semanas pelo presidente Jair Bolsonaro. O secretário de Fazenda, no entanto, diz que o valor servirá de referência para o Palácio do Planalto.

Tribunal julga nesta quarta caso que pode ser decisivo para volta de Lula à prisão

Apelação na ação do sítio de Atibaia será analisada no TRF-4, que cogita anular sentença de juíza.

Da redação com Folha de São Paulo
Por Felipe Bächtold

SÃO PAULO - Quase dois anos após o julgamento que levou o ex-presidente Lula à prisão, os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) voltam a se reunir na manhã desta quarta-feira (27) para decidir um caso que pode ser determinante para que o petista vá novamente para o regime fechado.

Os magistrados vão julgar recurso de Lula contra condenação em primeira instância por corrupção e lavagem no caso do sítio de Atibaia (SP), que era frequentado pelo petista e que foi reformado pelas empreiteiras Odebrecht e OAS.

Fora da cadeia desde o último dia 8, Lula já atingiu a marca de um sexto da pena cumprida na condenação no caso do tríplex de Guarujá (SP), que garante que ele não voltará para o regime fechado por causa desse primeiro processo, ainda pendente de recursos nas instâncias superiores.
Dessa forma, o caso do sítio pode ser decisivo para o futuro da liberdade do petista, já que há uma articulação no Congresso para a volta da possibilidade de prisão de condenados em segunda instância.

Entre nove ações penais abertas contra ele no Paraná, São Paulo e DF, o caso do sítio é o que está em estágio mais avançado após o processo do tríplex, que já teve condenação confirmada também no âmbito do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Em fevereiro, a juíza Gabriela Hardt, que substituiu Sergio Moro na Vara Federal de Curitiba, condenou o ex-presidente a 12 anos e 11 meses de prisão por ter aceitado as benfeitorias na propriedade rural em troca de favorecimento às empreiteiras em contratos na Petrobras. Outros nove acusados também foram condenados.

As defesas e o Ministério Público Federal recorreram ao TRF-4, corte com sede em Porto Alegre que funciona como segunda instância da Justiça Federal. No julgamento desta quarta, representantes das partes vão se pronunciar, e três juízes vão ler seus votos na parte final, antes de o resultado ser proclamado.

Dependendo do placar, aumentam as chances de recurso das defesas na própria corte regional. Em caso de uma condenação por 2 a 1, por exemplo, os advogados podem apresentar nova apelação à Quarta Seção do TRF-4, composta por mais magistrados.

O julgamento pode se estender por todo o dia. No caso do tríplex de Guarujá, no qual Lula teve condenação confirmada no TRF-4 no início de 2018, a sessão durou mais de nove horas.

O trio de magistrados que atua na Lava Jato tem uma modificação em relação ao grupo que condenou Lula em 2018: saiu Victor Laus, que votou pela condenação de Lula à época e que agora é presidente do tribunal, e entrou Carlos Thompson Flores, que comandava a corte até junho. 
Em mais de cinco anos de Lava Jato, o TRF-4 tem um histórico de alinhamento com as decisões de Curitiba. Desta vez, porém, é possível que a corte anule neste julgamento a sentença de Gabriela Hardt, sem julgar o mérito dos recursos das defesas, devido a uma recente decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a ordem de fala de delatores e delatados em processos na primeira instância.

Antes de apresentar suas considerações finais na ação penal, no fim do ano passado, a defesa de Lula pediu para se manifestar apenas após réus delatores, que haviam feito acusações contra o petista.

A juíza negou à época essa solicitação, mas em outubro deste ano o Supremo reconheceu que esse benefício é necessário para assegurar a ampla defesa a réus que não fecharam acordo de colaboração. Duas sentenças da Lava Jato que não envolvem Lula já foram anuladas pelo STF por causa disso.

Diante desse novo entendimento da suprema corte, os juízes do TRF-4 podem considerar que o caso precisa voltar à primeira instância para que a etapa de alegações finais seja refeita, agora respeitando essa distinção entre delatores e delatados. 

Isso significaria que o processo do sítio retrocederia em 11 meses —as alegações finais dos réus foram entregues em janeiro deste ano. 

O Ministério Público Federal que atua na segunda instância, responsável pela acusação, chegou a concordar com a volta para essa etapa, mas depois recuou.

Diferentemente do julgamento de 2018, a apelação no caso do sítio ocorre em momento em que a Lava Jato está sob forte pressão. Os investigadores sofreram derrotas no Judiciário ao longo deste ano e enfrentaram críticas de ministros do Supremo após a revelação de mensagens trocadas no aplicativo Telegram.

Os advogados do ex-presidente inclusive incluíram em seus memoriais apresentados à corte regional trechos de diálogos divulgados pelo site The Intercept Brasil e por outros veículos, como a Folha. A defesa queria ainda a inclusão entre as provas de mensagens obtidas na investigação sobre o hackeamento de celulares de autoridades na Operação Spoofing. 

A defesa de Lula no caso se concentra em questionamentos sobre imparcialidade. Afirma que nem os juízes Moro e Hardt nem os procuradores da Lava Jato tinham o distanciamento necessário para atuar no caso e que a Vara Federal de Curitiba não era o foro correto para o processo.

Entre outros pontos que devem ser analisados pelo TRF-4, estão o suposto "aproveitamento" por Hardt da sentença proferida por Moro no caso tríplex e a falta de vínculo do caso com a Petrobras.

A defesa cita ainda pendência de manifestação final do Comitê de Direitos Humanos da ONU a respeito de reclamação apresentada pelo petista.

Sobre as reformas feitas no sítio, a defesa afirma que o ex-presidente jamais pediu ou recebeu vantagens indevidas nem concedeu benefícios específicos para as construtoras. "A 'gratidão' dos empresários para com Lula decorre de ações lícitas realizadas pelo ex-presidente, que conduziram ao crescimento de tais empresas em razão de políticas governamentais bem-sucedidas", diz a defesa.

Para o Ministério Público, os advogados do ex-presidente elegeram "a teoria conspiratória como o principal fundamento para a demonstração da inocência de seu cliente".
OS JUÍZES QUE VÃO ANALISAR O CASO DO SÍTIO DE ATIBAIA (SP)

João Pedro Gebran Neto, 55,
É relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal desde o início da operação, em 2014. Ele está na corte desde 2013 e votou pela condenação de Lula no caso do tríplex de Guarujá (SP), em 2018

Leandro Paulsen, 49,
É o revisor da Lava Jato na turma que julga recursos da operação na corte com sede em Porto Alegre. Ele também votou pelo aumento da pena de Lula no caso tríplex. É juiz do tribunal desde 2013

Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, 56
É o presidente da turma. Ele é o mais novo integrante do grupo que julga a Lava Jato, já que até junho estava na presidência do tribunal e não participava dos julgamentos. Em 2017, disse em entrevista que a sentença contra Lula no caso tríplex teve um 'exame irrepreensível' de provas e foi criticado pelo ex-presidente

terça-feira, 26 de novembro de 2019

'Terça e Quarta das Frutas e Verduras' Mercadinho São Vicente - Rede Oeste

Confira as superofertas da nossa 'Terça e Quarta das Frutas e Verduras' e aproveite a sua economia de sempre no Mercadinho São Vicente - Rede Oeste!

*Ofertas válidas para esta terça e quarta 26 e 27/11/2019. Estoque Limitado.

Taça do Brasileirão 2019 será entregue ao Flamengo após o jogo com o Ceará.

Campeão antecipado, Rubro-negro receberá o troféu em cerimônia após a partida no Maracanã, nesta quarta-feira.

Da redação 
Fonte: CBF
Depois do título, a comemoração. Nesta quarta-feira, a torcida do Flamengo tem um encontro marcado com o elenco campeão do Brasileirão 2019. No Maracanã, o Rubro-negro enfrenta o Ceará e, depois da partida, receberá a taça do Campeonato Brasileiro. A bola rola às 21h30 para o duelo no Rio de Janeiro.
Como tem sido praxe no Campeonato Brasileiro, o troféu será entregue na primeira partida dentro de casa após a confirmação do título. A cerimônia será celebrada no próprio gramado do Maracanã, depois do apito final, com entrega do troféu e das medalhas para atletas e comissão técnica. 
O Flamengo garantiu o seu título do Brasileirão no último fim de semana, mesmo sem entrar em campo. Como já havia atuado na rodada, em jogo antecipado com o Vasco, o Fla foi campeão graças à derrota do Palmeiras para o Grêmio por 2 a 1.
Essa é a segunda vez no período de pontos corridos que o Flamengo conquista o Campeonato Brasileiro. Diferente de 2009, porém, o Rubro-negro dessa vez conquistou o título de forma antecipada e terá muito tempo para comemorar ao lado de seu torcedor.

Fátima faz discurso de boas-vindas em Seminário na China

Governadora é a única representante brasileira convidada a participar do evento em Pequim.

Da redação com Nominuto.com
Por Governo do Estado
Como única representante brasileira convidada a participar do Seminário de Comunicação e Cooperação Financeira Internacional da Iniciativa “Um Cinturão, Uma Rota”, que acontece em Pequim, na China, a governadora Fátima Bezerra foi responsável por proferir o discurso de boas-vindas na cerimônia de abertura do evento, que teve início nesta terça-feira (26). O Seminário, direcionado para os países de língua portuguesa, é realizado pelo Banco da China e segue até o dia 4 de dezembro na cidade de Lisboa, em Portugal, onde acontece a segunda parte da programação.
“Vejo nesse Seminário uma importante oportunidade de estreitar nossos laços de amizade não só com a China, mas com os demais países aqui presentes, e aproveito para saudar os representantes de Portugal, São Tomé e Príncipe, Guiné-Equatorial, Timor Leste, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e da região autônoma de Macau aqui presentes”, destacou a governadora ao iniciar suas palavras.
Na ocasião, Fátima reconheceu o papel da Cônsul Geral para o Nordeste, Iên IûChín, no fortalecimento dos laços com a China. “Ela esteve no Rio Grande do Norte neste ano, com uma comitiva muito representativa, e pudemos apresentar nossas potencialidades e oportunidades de negócios. Talvez pelo fato de ser, atualmente, a única mulher a governar um Estado em meu país, tenhamos tido uma identificação tão forte nesta visita, e construído uma relação muito frutífera”, disse.
Nesta quarta-feira (27), como parte da programação do segundo dia de Seminário, os participantes irão se reunir com a diretoria da China General Nuclear e Power Corporation (CGN), que adquiriu, neste ano, dois campos de produção de energia eólica no RN, nos municípios de João Câmara e Parazinho - Eurus II e Renascença V - implantados pela Atlantic Energias Renováveis, empresa com atuação também no Piauí, Bahia e Rio Grande do Sul, incorporada pelos chineses.
Em agosto, a Governadora Fátima Bezerra recebeu os diretores da CGN, que despertaram interesse em ampliar investimentos na produção de energia eólica e solar e na instalação de uma fábrica de equipamentos para os dois setores.
“A China tem capacidade de investimento e tecnologia. Nós, temos enormes potencialidades, a exemplo da área das energias renováveis, que é um dos setores-chaves da economia chinesa, e temos políticas para atrair esses investimentos. Queremos estabelecer uma relação de confiança, garantindo segurança jurídica aos negócios que vocês tenham interesse em empreender”, afirmou a Chefe do Executivo Estadual ao lembrar o foco da gestão em alavancar a economia e gerar empregos para a população.
Acompanham a governadora nesta viagem, o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado e o Assessor Técnico da Sedec, Pedro Henrique Lima.

Gabriel Verón diz em entrevista que Assú não tem nada e parece um sítio

Melhor jogador da Copa Sub-17, potiguar falou ainda que cidade tem apenas um rio e que faz muito calor.


Da redação com Nominuto.com
Por Rafael Araújo
O jogador potiguar Gabriel Verón, que pertence a Sociedade Esportiva Palmeiras e que foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 neste mês, está causando polêmica entre os assuenses e demais potiguares após dizer em entrevista ao Esporte Fantástico, da Record TV, que a cidade de Assu não tem nada e que parece com um ‘sítio’. 
Nascido na cidade de Assu, o jogador disse ainda, em entrevista descontraída, que a cidade também é muito quente. Questionado pelo repórter sobre o que tinha para fazer na cidade, o Verón potiguar falou que a cidade não tinha nada. “Não tem nada. Tem só um rio, mas é muito quente. Lá faz muito calor e parece um sítio”, brincou o jogador.
As declarações de Verón sobre a sua cidade causou polêmica e revolta de parte dos moradores de Assu.. Nas redes sociais o atleta foi criticado. Em comentários no Youtube do programa Esporte Fantástico, um internauta chegou a dizer que o jogador está se achando demais porque falou mal da cidade. 
“O que eu acho que ele tá se achando demais. Primeiramente falando mal da cidade que ele nasceu e foi criado. Cara começou agora e já tá falando mal da cidade dele”, criticou Francivan Costa. 
No whatsapp, um áudio homem não identificado, supostamente da cidade de Assu, saiu em defesa do atleta potiguar. “É muita besteira, cada um analisa as coisas diante da sua realidade.”, relata. 

Super Matutão conhece semifinais e jogos de ida são nesta quarta-feira

São Gonçalo do Amarante x Jardim de Piranhas e São Pedro x Macau são os confrontos
Da redação com G1 RN
Por GloboEsporte.com — Natal
As semifinais do Super Matutão foram confirmadas na noite de segunda-feira pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol. São Gonçalo do Amarante x Jardim de Piranhas e São Pedro x Macau são os confrontos que vão apontar as seleções que decidirão o título na Arena das Dunas, no dia 8 de dezembro, com transmissão ao vivo da Inter TV para todo o Rio Grande do Norte. Os jogos de ida estão marcados para quarta-feira.

Macau ficou com a vaga após a eliminação de Areia Branca no Tribunal de Justiça Desportiva. A equipe atuou com jogadores irregulares na primeira partida, na qual venceu por 4 a 0 e, por este motivo, não compareceu ao segundo duelo, em Macau.

São Pedro eliminou o Santa Cruz, com placar agregado de 2 a 1 (derrota por 1 a 0 e vitória por 2 a 0). São Gonçalo passou por Maxaranguape após vencer por 5 a 0 no jogo de ida e empatar por 2 a 2 na volta.

Jardim de Piranhas se classificou diante de Goianinha depois de sorteio realizado pela FNF, já que houve igualdade em todos os critérios técnicos - em campo, cada equipe venceu uma partida por 1 a 0. Goianinha, por sua vez, denunciou a seleção de Jardim de Piranhas ao TJD também por escalação irregular e haverá julgamento ainda nesta terça-feira, podendo haver mudança no confronto.

Jogos de ida

·         São Gonçalo do Amarante x Jardim de Piranhas - Quarta-feira, às 15h
·         São Pedro x Macau - Quarta-feira, às 15h

Jogos de volta
·         Jardim de Piranhas x São Gonçalo - Sábado (30), às 17h
·         Macau x São Pedro - Domingo (1), às 16h

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Chegou a Black Oeste no Mercadinho São Vicente - Rede Oeste.

O momento mais esperado do ano chegou! Confira e aproveite a economia nas ofertas imbatíveis que só a Black Oeste traz para você. Venha para o Mercadinho São Vicente - Rede Oeste em Água Nova/RN e aproveite as ofertas.

*Ofertas válidas de 25/11 a 07/12/2019. Ou enquanto durar o estoque.